segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Casa do Presidente da Torcida Alvinegra é atingida com 13 tiros


Um disparo acertou o troféu e um espelho da casa de Carlos José Laus, o Bola, presidente da Gaviões
Foto:Guto Kuerten / Agencia RBS




Por Ismênia Nunes


A casa do presidente da Torcida do Figueirense, Carlos José Laus, conhecido como Bola. Foi atingida com 13 tiros nesta 6ª feira por volta das 20h30min. Bola tinha acabado de chegar. Os tiros atingiram o portão de ferro além de um troféu e um espelho no interior da residência. Um sobrinho do Bola  de 14 anos estava bem próximo do local dos tiros e escapou por pouco. Além do sobrinho, os pais de Bola também estavam em casa. Felizmente ninguém ficou ferido.
Os tiros vieram de duas motos que passavam no local. A polícia ainda não tem pista dos autores. As investigações ocorrerão por conta da 3ª. Delegacia de Polícia com o comando do Dr. Walter Loyola, delegado responsável pelo caso.

Na página do Diário Catarinense pude observar um comentário dizendo que não era briga de torcida, mas, um protesto pelo presidente da torcida ter pintado a casa de azul. Pode?
Será mesmo? Olha, pode não ser nenhuma coisa nem outra. Primeiro são os ataques as bases da polícia e agora ataques ao Presidente da Torcida do Figueirense. Pra mim os autores são os mesmos, e agora com a queda do Avaí eles resolveram dizer pra quem torcem... Agindo da mesma forma que aos ataques as bases...

Mas que é estranho, a casa ser azul é...


Abaixo vídeo com as marcas dos tiros.



video

Fonte vídeo http://mediacenter.clicrbs.com.br/templates/player.aspx?uf=2&contentID=211820&channel=65

Nenhum comentário:

Postar um comentário